Dor no cotovelo em crianças






“Pronação Dolorosa”


Trata-se de uma das urgências mais comuns em ortopedia pediátrica.

Entendendo o Problema

O cotovelo é uma articulação formada por três ossos:

– Úmero;

– Cabeça do rádio – Osso responsável pelos movimentos rotacionais do antebraço;

– Ulna.



A estabilidade articular depende do formato dos ossos e da integridade dos ligamentos.

Para que a cabeça do rádio funcione adequadamente, é necessário a integridade de um ligamento conhecido como ligamento anular. Com isso, conseguimos realizar os movimentos livremente do cotovelo, tanto em flexo-extensão como os movimentos rotacionais do antebraço, supinação, em que a palma da mão fica para cima e pronação, em que a palma fica para baixo.

A lesão do ligamento anular faz com que parte do ligamento fique interposto entre a cabeça do rádio e o úmero, levando à dor e bloqueio do movimento do cotovelo, o que chamamos de “pronação dolorosa”. A criança imediatamente deixa de usar o braço e qualquer tentativa de movimento causa dor.



A história contada pelos pais é característica:

Relatam que estavam caminhando com a criança, segurando-a pela mão e, em determinado momento, resolvem puxá-la pela mão para segurar no colo. Ou, na tentativa de impedir uma queda, puxam a criança pela mão, promovendo um movimento forçado no cotovelo com consequente lesão.

A tração exercida no antebraço, provoca uma lesão ligamentar com parcial interposição ligamentar no espaço articular do cotovelo. Imediatamente a criança sente dor, chora, e passa a não utilizar mais o braço e cotovelo, mantendo-o paralisado ao lado do corpo.

Características dos Pacientes

Geralmente são crianças abaixo dos 5 anos de idade. O sexo mais acometido é o feminino.

Consulta Médica



Encontramos uma criança de baixa idade que só movimenta um dos cotovelos.

Qualquer tentativa de estimular o movimento do cotovelo acometido não tem sucesso.

O que mais chama a atenção é o verdadeiro bloqueio do movimento.

Não há inchaço, vermelhidão, roxo ou lesão na pele.

Pode ter história de queda.

Exame de imagem é necessário?

Só deve ser feito em caso de dor após queda, para diagnóstico diferencial de fratura do cotovelo. Na pronação dolorosa o exame de imagem é normal.

Como é feito o diagnóstico?

Com boa história colhida com os pais e exame clínico.




Tratamento


Encontramos uma criança de baixa idade que só movimenta um dos cotovelos.

Qualquer tentativa de estimular o movimento do cotovelo acometido não tem sucesso.

O que mais chama a atenção é o verdadeiro bloqueio do movimento.

Não há inchaço, vermelhidão, roxo ou lesão na pele.

Pode ter história de queda.

Exame de imagem é necessário?

Só deve ser feito em caso de dor após queda, para diagnóstico diferencial de fratura do cotovelo. Na pronação dolorosa o exame de imagem é normal.

Como é feito o diagnóstico?

Com boa história colhida com os pais e exame clínico.

Tratamento


É necessário manipular suavemente o cotovelo promovendo o desbloqueio articular. Essa manobra deve ser realizada, obrigatoriamente, por médico treinado, de forma suave.

Quando bem sucedida, imediatamente a criança tem alívio da dor e desbloqueio do cotovelo. Rapidamente começa a movimentar o cotovelo acometido como se nada tivesse acontecido. Não necessita imobilização.

Orientamos sempre os familiares a não repetirem o movimento que originou a lesão, pois isso poderá acarretar recidiva da lesão.

Portanto, pronação dolorosa é uma urgência ortopédica que deve ser resolvida imediatamente com reconhecimento precoce e tratamento adequado.Trata-se de uma lesão de bom prognóstico, geralmente não deixa sequelas e raramente será necessário fazer cirurgia.

Um abraço a todos




Dr. Maurício Rangel é formado em Medicina pela Faculdade Souza Marques (1994) e médico Ortopedista Pediátrico. Trabalha atualmente em consultórios com atendimento ambulatorial e cirurgias ortopédicas pediátricas eletivas. Especialista em diversas patologias musculoesqueléticas em crianças e adolescentes e cirurgias relacionadas.

Consultório: Barra Life

Av. Armando Lombardi, 1000 – sala 231, bloco 2, Barra da Tijuca | Rio de Janeiro

Telefone para contato: 3264-2232/ 3264-2239



Posts recentes

Ver tudo