O geno valgo do adolescente: a correção.





O geno valgo é uma deformidade nos membros inferiores, visto em crianças e adolescentes que, ao ficarem em pé, os joelhos ficam encostados enquanto que os tornozelos ficam afastados.

Popularmente conhecido como joelhos tortos para dentro ou pernas com aspecto “em tesoura” ou até, “pernas em X”.




É considerado normal e fisiológico em determinado momento da vida da criança, com previsão de correção espontânea e progressiva, não exigindo nenhum tratamento, requerendo na maioria das vezes, apenas acompanhamento ortopédico regular.

As deformidades simétricas e com a medição da distância dos tornozelos dentro dos padrões estabelecidos para cada idade, devem ser apenas acompanhadas para avaliar se a história natural para correção espontânea ocorrerá.

A maioria das pessoas têm algum grau de geno valgo leve, sendo considerado normal e não patológico.

O geno valgo acentuado é o que preocupa e deve ser tratado, pois a deformidade acentuada levará à sobrecarga articular assimétrica nos joelhos, predispondo ao surgimento de dor e desgaste precoce articular (osteoartrose).

Geno valgo acentuado, visão posterior.


História familiar positiva com a presença da deformidade acentuada em pai e mãe e obesidade da criança, são fatores de risco que podem interferir negativamente na evolução natural.

Esses pacientes devem ser avaliados com mais regularidade para documentar eventuais pioras na deformidade.

Os casos que contrariam a história natural e que apresentam piora progressiva da deformidade, são aqueles que exigirão correção cirúrgica, mas para isso, uma série de critérios precisam estar presentes.

A correção é feita com um procedimento cirúrgico, conhecido como epifisiodese.

Trata-se de uma cirurgia cujo princípio é o de direcionar o crescimento do membro inferior (crescimento guiado) e com isso corrigir progressivamente a deformidade.

Visa inibir a velocidade de crescimento do lado de dentro do joelho, permitindo que o crescimento do lado de fora ocorra e, com isso, a perna vai retificando progressivamente.

Para a correção ser considerada satisfatória, não precisamos ter pernas completamente retas, basta que o geno valgo volte para os valores leves considerados normais para a idade e sexo do adolescente.

Trata-se de um procedimento minimamente invasivo (via de acesso cirúrgica percutâneo), tem recuperação rápida, permite caminhar imediatamente, no dia seguinte da cirurgia.

Existem diversas técnicas para esse fim mas, a de minha preferência é conhecida com epifisiodese com parafuso transfisário, ou seja, colocamos um parafuso através da região de crescimento do lado interno do joelho (fêmur distal medial) inibindo assim, a velocidade de crescimento desta região.



Parafuso transfisário.


Os dois joelhos são operados no mesmo momento, porém a correção só é observada meses após a cirurgia, uma vez que, para que a correção ocorra, é necessário o crescimento da região lateral do joelho.

Os critérios para a indicação são:

– Imaturidade do esqueleto, regiões de crescimento ósseo ainda abertas, acentuada deformidade com medida da distância dos tornozelos acima das fisiológicas, documentação de piora progressiva, desvio do eixo mecânico de carga dos membros inferiores, observado no exame de imagem.



Regiões de crescimento ósseo abertas



O critério idade do paciente deve ser sempre respeitado, pois para a correção ser exata e sem hipercorreção, devemos fazer a cirurgia no momento adequado.

Em alguns casos, usamos a avaliação da idade óssea como um critério a mais para a indicação.

Segue abaixo um exemplo de um caso tratado com resultado satisfatório para o adolescente e para os familiares.


Deformidade Pré- operatória:



Geno valgo acentuado visão de frente



Geno valgo acentuado visão posterior.



Distância dos tornozelos normalizada




Não fiquem com dúvidas sobre o alinhamento dos membros inferiores de seus filhos/as.

Marque uma avaliação ortopédica especializada.


Um abraço a todos!


Dr. Maurício Rangel é formado em Medicina pela Faculdade Souza Marques (1994) e médico Ortopedista Pediátrico. Trabalha atualmente em consultórios com atendimento ambulatorial e cirurgias ortopédicas pediátricas eletivas. Especialista em diversas patologias musculoesqueléticas em crianças e adolescentes e cirurgias relacionadas.

Consultório: Barra Life

Av. Armando Lombardi, 1000 – sala 231, bloco 2, Barra da Tijuca | Rio de Janeiro

Telefone para contato: 3264-2232/ 3264-2239




Criança e Saúde

Criança e Saúde é um site colaborativo que possui a missão de ajudar pessoas a encontrarem informação sobre a saúde dos seus filhos. As informações publicadas neste site têm caráter meramente informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas. Todos os direitos reservados ao Criança e Saúde. Proibido a reprodução do conteúdo deste site sem prévia autorização. A Redação do Criança e Saúde não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, sendo este último de inteira responsabilidade dos anunciantes.



contato@criancaesaude.com





JUNTE-SE

Seu conhecimento é muito grande para ficar apenas no consultório. Venha fazer parte da nossa rede de especialistas. 

FIQUE POR DENTRO

Criança e Saúde é um site colaborativo que possui a missão de ajudar pessoas a encontrarem informação sobre a saúde dos seus filhos. As informações publicadas neste site têm caráter meramente informativo e não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas. Todos os direitos reservados ao Criança e Saúde. Proibido a reprodução do conteúdo deste site sem prévia autorização. A Redação do Criança e Saúde não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, sendo este último de inteira responsabilidade dos anunciantes.

© 2023 Criança e Saúde Todos os direitos reservados.